Vandalismo leva o Camarário de Agua Grande a suspender o balneário publico do ex-PM e pondo ordem na lixeira de Penha com urgência

Presidente da Câmara Distrital de Agua Grande de São Tome e Príncipe, José Maria Fonseca avançou esta semana deu explicações sobre o vandalismo no Balneário Publico situado na Praia ex. PM e justificando também sobre o caso do deposito dos lixos na lixeira de Penha.

Sobre o Balneário Publico inaugurado recentemente, por questões de vandalismo existente tinha que ser encerrado temporariamente para reparação, que segundo José Maria nas suas explicações refere a revelia perpetrada pela população, no balneário público, foi constatado que alguém introduziu algo nos sistemas de esgotos, “impedindo a circulação de água para o consumidor”.

“Suspendemos para fazer a reparação e depois disto em curto prazo retomamos o balneário com todas as condições necessárias”, disse José Maria.

José Maria salientou-se que no balneário tem segurança, quiçá o que faltava, era mais vigilância afirmando “as vezes as coisas imprevista começa acontecer”.

Por outro lado, no que toca sobre o depósito dos lixos na lixeira de Penha, os moradores reclamam por ser feito descoordenado, por ter sido depositado perto das estradas.

O presidente da Câmara Distrital de Agua Grande disse que o assunto deve-se por falta de fiscalização nas lixeiras, alegando “temos guardas-fiscais que fazem turno e nesses últimos dias um dos fiscais faltou o trabalho e quando as carrinhas chegam com os resíduos sólidos ao em vez de porem ao fundo, depositam na entrada e outros a seguir vindo depositando a porta da lixeira, uma situação que segundo José Maria “que tínhamos que antecipar para haver as passagens das carinhas”.

Sobre este caso, o presidente constatou que a situação já foi resolvida

“ Tivemos uma reunião com os condutores de carrinhas e recomendamos que esta pratica de deixar o lixo logo a entrada da lixeira cria constrangimentos”, concluiu. 

“A lixeira de Penha é do céu aberto, localizada na zona de oquê d’el Rei onde se deposita os lixos em Grande escala provenientes em toda localidade abrangente do distrito de Agua Grande”.

O. Soares

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*