Director: Octávio Soares - Contacto: 00239 9923140 - E-mail: jornaltropical05@hotmail.com - www.jornaltropical.st

Publicidades

 

Transferir STome_logo_cmyk.jpg (1075,9 KB)


Afriland First BanK- O Banco de confiança

 

Programa de Apoio Participativo à Agricultura Familiar e Pesca Artesanal (PAPAFPA)
 
Sociedade de Manutenção, Construções e Serviços
   
CERVEJEIRA ROSEMA 

Transferir STome_logo_cmyk.jpg (1075,9 KB)

siga-nos no Facebook

 https://www.facebook.com/SaoTomePestana

 


S.Tomé e Príncipe: Comissão Eleitoral garante que estão criadas condições para eleições

 6-05-2014 Mais de 92.500 cidadãos são-tomenses poderão votar nas próximas eleições autárquicas, regional e legislativas que vão ter lugar entre Julho e Agosto próximo, disse nesta segunda-feira o presidente da Comissão Eleitoral Nacional (CEN), Victor

 

Em conferência de imprensa, o presidente da CEN disse que nos últimos seis meses foram recenseados 92.686 cidadãos.  
 
"Quase que atingimos a meta, pois conseguimos recensear 8.645 novos eleitores", contra uma previsão inicial de nove mil, sublinhou.  
 
O presidente da comissão eleitoral de São Tomé e Príncipe considera assim estarem criadas as condições para a realização das próximas eleições, cuja data ainda não foi marcada.  
 
Em 2011, aquando da realização das eleições presidenciais, os são-tomenses com capacidade eleitoral registados pela CEN totalizavam 84.041 no país.
 
De acordo com os dados divulgados hoje, os eleitores da diáspora são no total 8.598, mas estes ainda não poderão votar nas próximas eleições de Julho e Agosto.  
 
"Neste momento, na nossa base de dados incluindo a diáspora temos 101.384 eleitores", referiu Victor Correia.  
 
"Os cadernos estão prontos, e tecnicamente estamos prontos para avançar.


Precisamos é que as eleições sejam marcadas e os meios financeiros colocados à nossa disposição para avançarmos", adiantou.  

O presidente da CEN, que será recebido na terça-feira em audiência pelo Presidente da República, Manuel Pinto da Costa, no âmbito das consultas do chefe de Estado para marcar a data das eleições, garante que todos os órgãos de soberania já foram informados sobre a conclusão dos trabalhos do recenseamento eleitoral.  
O responsável disse ainda que já remeteu o orçamento de cerca de um milhão de euros ao Governo, esperando que essa verba seja desbloqueada para a realização do escrutínio.   
O Presidente são-tomense inicia na terça-feira as consultas políticas para a marcação da data das eleições, que incluem o presidente da Assembleia Nacional, Alcino Pinto, o primeiro-ministro, Gabriel Costa, e os partidos políticos com e sem ass
ento parlamentar.  portalangop

 

« Retroceder

 
 
 
Jornal Tropical | Todo Direito reservado | Av. Marginal 12 de Julho | São Tomé e Príncipe | jornaltropical05@hotmail.com - 00239 9923140