FC Porto entra no último terço líder, Braga e Sporting mudam treinadores

O FC Porto recebe no sábado o Rio Ave, num momento em que os ‘dragões’ enfrentam o último terço da I Liga de futebol na liderança, alcançada na última jornada, em que o Benfica voltou a perder pontos.

11 jornadas do final, o FC Porto é pela primeira vez líder isolado, com mais um ponto do que o Benfica, num momento da época em que as ‘águias’ estão em autêntica queda livre, depois de perderem oito pontos em quatro jogos.

No sábado, a equipa de Sérgio Conceição tem um teste difícil, mas é favorita frente ao Rio Ave, de Carlos Carvalhal, que nas últimas rondas subiu ao quinto lugar, após oito jogos sem qualquer derrota.

Para a visita ao Dragão, no sábado às 20:30, os vila-condenses não podem contar com Filipe Augusto e Matheus Reis, que completaram a série de cartões amarelos e terão que cumprir castigo.

Ainda antes do jogo no Dragão, entra o Benfica em campo, em Setúbal (18:00), com os ‘encarnados’ a defrontarem o Vitória numa fase de grande ‘turbulência’, com uma única vitória em sete jogos, entre Liga, Taça e Liga Europa.

A equipa de Bruno Lage tem apresentado um futebol ‘tremido’, sem ideias, muito pouco condizente com o estatuto de campeão e candidato ao título, e o resultado disso foi a perda da liderança e o desbaratar de sete pontos de vantagem para o FC Porto.

No Bonfim, o Benfica está proibido de perder, diante de um adversário em que o guarda-redes titular Makaridze disse na última jornada que o importante seria vencer as ‘águias’, independentemente dos restantes resultados do Vitória.

O Bonfim é, em regra, um palco difícil, onde o Benfica nas últimas épocas venceu pela margem mínima, e nesta já empatou para a Taça da Liga. Nos sadinos, treinados pelo espanhol Júlio Velásquez, Éber Bessa é baixa, após completar uma série de amarelos.

A 24.ª jornada tem início na sexta-feira, com o Sporting de Braga (3.º), que defronta o Portimonense (17.º), a apresentar o seu terceiro treinador da época, com a entrada de Custódio (ex-técnico dos juvenis) face à saída de Rúben Amorim, qne entretanto vai rumar para o Sporting como quarto técnico dos ‘leões’.

Sporting de Braga e Sporting (4.º) entram assim na jornada com novos treinadores e com testes em casa frente às equipas que seguem nas últimas posições: Portimonense (17.º), sem vencer há 11 jogos, e Desportivo Aves (18.º).

Os bracarenses entram em campo já na sexta-feira (20:30), com Custódio a pegar na equipa após a grande recuperação de Rúben Amorim, que levou os arsenalistas do 10.º (na ‘era’ Sá Pinto) ao terceiro posto.

Os ‘leões’, que começaram com Marcel Keizer, tiveram o interino Leonel Pontes e, depois, Silas, apresentam um desempenho oposto: somam oito derrotas em 23 jornadas, só encontrando paralelo recente nos desaires da época de 2012/13, em que terminou em sétimo.

No domingo, o Sporting recebe o lanterna-vermelha Desportivo das Aves na estreia de Rúben Amorim, o treinador ‘sensação’ da época, que tem acumulado bons resultados, apesar das críticas devido à falta de credenciais para treinar a ‘elite’.

Em outros jogos, o Famalicão (6.º) visita o Belenenses (13.º), também em recuperação sob o comando de Petit, e o Vitória de Guimarães (7.º) desloca-se ao terreno do Paços de Ferreira (16.º).

No sábado, o Tondela (15.º) recebe o Boavista (10.º) e, no domingo, o Moreirense (11.º) recebe o Marítimo (14.º) e o Gil Vicente (8.º) o Santa Clara (9.º), equipas muito próximas na tabela.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*