Contacto -: +239  9923140 -jornaltropical05@hotmail.com

 

 

 

Claus Cataldi e Luca Cataldi São Professores Sociais

 

Os irmãos são mesmo uns fora de série. 

Criados quase que 100% do tempo juntos pela mãe, a jornalista Claudia Cataldi, os meninos 

 tem na alma, a marca da solidariedade. 

Mesmo porque, desde bebês, são frequentadores de bibliotecas, pois ainda que não soubessem ler, teriam no futuro, familiaridade com a cultura, revela a genitora. 

Talvez tenha sido isso que os fez, os dois, tornarem-se escritores, poetas, apaixonados por literatura, desenho, exposições, museus, idiomas, história, mitologia, xadrez e cultura. 

“Sempre os levei para meus trabalhos. Fosse na Tv, na rádio ou no jornal. Acho que isso os deixou ambientados diante do que há de mais diverso no mundo. De forma a fomentar a curiosidade, o amor e a solidariedade ao próximo”, revela a mãe zelosa. 

Pode ser essa, uma das razões pelas quais, ambos cursando a sétima série do ensino fundamental do Colégio Alemão Cruzeiro, viraram professores sociais. 

Claus, 14 e Luca, 12, dão aulas de alemão para crianças de 7 a 9 anos na Escola Dom Cipriano Chagas, participante do projeto Soziale Aktion, iniciativa da Sociedade de
Beneficência Humboldt do Cruzeiro. 

Lá, desenvolveram um método de ensino que confere aos alunos maior facilidade na aprendizagem das primeiras palavras da língua germânica. 

Os irmãos são autores dos livros: “Como Sobreviver até os 13 anos”, um tratado de autoajuda para pais que tem dificuldade de entender os filhos, escrito por Claus; e “Meu Diário Mitológico”, que explica com leveza, a história dos deuses do Olimpo atualizando suas imagens de deuses gordinhos e rechonchudos, para formas atléticas e coloridas baseadas no jogo Fortnite, de Luca. 

“Eu vejo os pais dos meus amigos com certa dificuldade para entender como e porque seus filhos sentem o que sentem. Então resolvi dar uma força, fazendo um guia”, nos revela Claus. 

“Amo Mitologia desde que a minha mãe me contava histórias dos deuses gregos para eu dormir. E quando fui buscar mais, percebí que os livros sobre o assunto são muito densos e de difícil entendimento. Por isso que crianças em geral não se interessam. Resolví mudar essa realidade escrevendo o meu”, brinca Luca. 

Os meninos que além do alemão, são fluentes em inglês e espanhol, participaram do concurso bilíngue de poesia da Albânia na Europa, através da Akademia Alternative Pegasiane, tendo escrito e declamado seus textos. 

Também foram os responsáveis pela ilustração da campanha publicitária de Natal da Federação Brasileira dos Comunicadores e Colunistas Sociais do Brasil. 

Legenda da foto: Os irmãos Luca(12), e Claus Cataldi(14), no portão de entrada da Escola Dom Cipriano Chagas onde ministram classes de alemão .

Joacle Costa